Tratuário

Percursos para a História da Cultura Madeirense

TRATUÁRIO

Design © Filipe Gomes

 

 

Autoria: Ana Salgueiro e Paulo Miguel Rodrigues

Coordenação: Ana Salgueiro

Instituição de acolhimento: UMa-CIERL

Linha de Investigação: K I N E S I S

 

Instituições parceiras de forma continuada:

 

Nota: Este núcleo da Linha de Investigação K I N E S I S  (ainda enquanto projecto) foi apoiado pela Secretaria Regional da Educação durante os anos lectivos de 2014/15, 2015/2016 e 2016/2017 (neste último caso, apenas durante o mês de Setembro), mediante concessão de destacamento da co-autora e coordenadora do projecto para o UMa-CIERL. A 6 de outubro de 2017, a Secretaria Regional de Educação revogou a concessão de destacamento autorizada no mês anterior, deixando, assim, de ser instituição parceira do UMa-CIERL no âmbito do Projeto TRATUÁRIO.

Instituições parceiras de forma pontual:

 Investigadores residentes:

Investigadores colaboradores:

Outros colaboradores:

  • Dinarte Vasconcelos (Filipe Santos);
  • Eduardo Freitas;
  • Filipe Crawford;
  • João Crawford Cabral;
  • José Sainz-Trueva;
  • Lídia Araújo;
  • Luís Eduardo Nicolau;
  • Luís Miguel Jardim;
  • Maria Fernandes;
  • Mário André;
  • Milena Mateus;
  • Rodrigo Camacho;
  • Rui Camacho;
  • Sara Rodrigues;
  • Sofia Maul;
  • Teresa Crawford Cabral;
  • Teresa Jardim;
  • Tozé Cardoso;
Resumo de apresentação do núcleo de investigação:

TRATUÁRIO. PERCURSOS PARA A HISTÓRIA DA CULTURA MADEIRENSE é um núcleo de investigação, desenvolvido a partir do anterior projecto de investigação homónimo, e que, presentemente, se insere na Linha de Investigação  K I N E S I S.

Este núcleo de investigação assume como objectivos: (1) promover a divulgação e o estudo de autores/textos/fenómenos culturais dispersos ou inéditos que, sendo hoje praticamente desconhecidos, se revestem de importância significativa no âmbito da cultura madeirense; (2) contribuir para a reflexão em torno do Plano Regional de Leitura e para a discussão e renovação do cânone (literário, artístico e cultural) legitimado no sistema eco-sociocultural do arquipélago; (3) criar e desenvolver a colecção editorial Tratuário. Percursos para a História da Cultura Madeirense, como forma de promover a divulgação e o estudo de textos, autores e fenómenos culturais relevantes para o sistema eco-sociocultural da Madeira; (4) estimular e apoiar a produção académica sobre autores, textos e fenómenos culturais do sistema eco-sociocultural madeirense.

Este núcleo de investigação estrutura-se, assim, em cinco linhas de acção, orientadas para a promoção e/ou coordenação de:

(a) a colecção Tratuário. Percursos para a História da Cultura Madeirense;

b) a série de Colóquios Internacionais INSULA, encontros académicos transversais a todas as áreas do UMa-CIERL, com uma regularidade anual, sendo que cada edição deste colóquio assumirá uma temática específica a definir pelas respectivas Comissões Organizadoras;

(c) o Programa Formativo EM LEGÍTIMA DEFESA, com várias edições, cada uma subordinada a uma temática ou a área(s) cultural(is) específica(s),  destinadas a diversos sectores da comunidade insular da Madeira.

(d) eventos de divulgação cultural e de apoio à criação artística.

 (e) produção científica sobre o sistema cultural madeirense.

A coordenação do projecto está permanentemente aberta à recepção de propostas quer na área de investigação, quer nas áreas da formação, divulgação científica, publicação e dinamização cultural.

 Programas/Acções Formativos:

2017

  • Em Legítima Defesa. Encontros com Literatura e Cinema na Madeira (em preparação)

2016

2015

 

 Encontros académicos e de divulgação científica:

2017

2016

2015

Publicações:

Projectos específicos: 

  • em preparação

Acções de dinamização cultural e apoio à criação artística: